O corpo. Ou melhor… os corpos

Podemos dividir o nosso corpo em quatro partes: o físico, o energético, o emocional, e o mental.

layeredonionOs dois primeiros são dependentes um do outro, um dá energia ao outro, da mesma forma que temos um carro físico que precisa de energia elétrica ou de combustão para se movimentar. Nenhum dos dois o consegue fazer a não ser que se complementem e aí sim, juntos cumprem a sua função.

O corpo físico é o mais fácil de explicar: é visível, palpável, perceptível e acima de tudo, é fácil de mensurar. Por isso vamos deter-nos um pouco mais neste. Além disso, todos os corpos estão interligados.

Por exemplo, sabemos que as emoções têm influência no mental, daí ser costume dizer que não devemos tomar decisões (mental) de cabeça quente (emocionados).

É também fácil perceber que, quanto mais denso é o corpo, mais sombra faz sobre o mais subtil. Assim, por ordem de subtileza temos primeiramente o mental, depois o emocional, e só depois o físico energético e o físico denso. Cada um deles atua no seu comprimento de onda.

texto de Bruno Amaral

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s