Normas Éticas

A partir deste mês vamos começar a percorrer as Normas Éticas, a proposta é a seguinte:

– Durante 15 dias vamos esforçar-nos ao máximo para fazer cumprir cada uma das normas, ver como nos afeta física, mental e emocionalmente.

– Tentar cumpri-las dentro da escola, no trabalho, em nossa casa, e com todas as pessoas, sem exceção.

Normas Éticas, são regras de ordem proscritiva (não-fazer) e prescritiva (fazer).

Constitui um código comportamental, com base na observância, aprendemos muito mais pela observação e pelo exemplo. Permite ao praticante vivenciar e compreender o acontecimento de forma espontânea através de alguém que já incorporou essas normas e as aplica no seu quotidiano. Assim, facilmente estas características comportamentais passam a ser assumidas por quem observa e a fazer parte do seu dia-a-dia.

São regras que auxiliam o praticante na sua evolução e devem fazer parte da sua conduta diária. São responsáveis por gerar um alicerce comportamental que dará sustento a todo o progresso do praticante seja no aspecto físico, emocional, mental ou intuicional. Quando aplicamos a não-agressão é um passo para atingir e evoluir noutros estágios e níveis de consciência.

O Ahimsá faz parte de uma das 5 regras de proscrição ética, ou seja, baseada no:  não fazer. É não ter qualquer pensamento, ação ou reação violenta.

Agora, a regra:

– O ser humano não deve agredir gratuitamente outro ser humano, nem os animais, nem a natureza em geral.
– Não deve agredir fisicamente, nem por palavras, atitudes ou pensamentos.
– Permitir que se perpetre uma agressão, podendo impedi-la e não o fazendo, é cumpliciar-se no mesmo ato.
– Derramar o sangue dos animais ou infringir-lhes sofrimento para alimentar-se de suas carnes mortas constitui barbárie indigna de uma pessoa sensível.
– Ouvir uma acusação ou difamação e não advogar em defesa do acusado indefeso por ausência constitui confissão de conivência.

Com a administração em nosso dia-a-dia do ahimsá, observamos a convivência com os opostos:

“Quando surgirem pensamento indesejáveis, estes podem ser vencidos convivendo-se com os seus opostos” 

“Quando se vivência a não-agressão, a hostilidade desaparece em nossa presença”

Patañjali

foto: http://mudeomundocomeceporvoce.org/
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s